Wednesday, February 4, 2009

Compilando a última versão do WINE no Ubuntu

Para quem não sabe, o WINE permite rodar aplicações Windows em Linux/BSDs sem precisar de uma cópia do Windows. Basicamente, com ele é possível rodar a maioria dos programas desenvolvidos para Windows no Linux.

WINE quer dizer: Wine Is Not an Emulator! O WINE não é um emulador por que ele não emula a arquitetura de processadores do Windows, o Intel x86, ele simplismente consegue executar os binários do Windows na arquitetura em que esta rodando, como uma ponte entre os binários do Windows e o sistema nativa em que ele esta rodando (Linux/BSDs) independente da arquitetura do processador.

O Ubuntu tem o WINE disponível no repositório oficial, mas nunca é a versão mais resente, e como estão sempre melhorando para rodar melhor os programas Windows, convém mante-lo atualizado.

O WINE pode consumir bastante recursos da máquina, dependendo das aplicações que ele vai rodar (jogos por exemplo).

Por estas e outras o melhor é estar sempre com a versão mais recente e compilado para ter melhor desempenho.

Antes de mais, instalar as dependências do WINE:


$ sudo apt-get build-dep wine


Mas estas dependências não são completas, por isso veja em:

http://wiki.winehq.org/Recommended_Packages

E baixe e execute o arquivo de script de dependências correspondente a sua versão do Ubuntu, no meu caso:


$ wget http://winezeug.googlecode.com/svn/trunk/install-wine-deps.sh
$ chmod +x install-wine-deps.sh
$ sudo ./install-wine-deps.sh


Fazer o download da última versão do arquivo de source (.tar.bz2) do WINE em:

http://www.winehq.org/

Extrair o arquivo baixado. Através da console entrar dentro da pasta de sources do WINE e fazer:


$ ./configure


Se no final do "./configure" obtiver o seguinte warning:

configure: WARNING: No OpenGL library found on this system.
OpenGL and Direct3D won't be supported.


Então os links simbólicos da libGL não devem estar corretas, analise com:


$ ls /usr/lib/libGL* -o


É preciso que o link simbólico /usr/lib/libGL.so -> /usr/lib/libGL.so.XXX.XX esteja a apontar para a versão mais recente, onde "XXX.XX" é a identificação da versão mais alta, ou seja a mais recente, da libGL. Caso exista o link simbólico remova-o:


$ sudo rm /usr/lib/libGL.so


E agora crie o link simbólico para a versão mais recente que tiver:


$ sudo ln -s /usr/lib/libGL.so.XXX.XX /usr/lib/libGL.so


Tem que ser feito o ./configure outra vez, e agora sem o warning:


$ ./configure


Dependências e configurações feitas com sucesso, agora só falta compilar e instalar:


$ make depend && make
$ sudo make install


Pronto! Será criado menus para o WINE no menu de programas, e através da console é só executar:


$ wine ARQUIVO_EXECUTAVEL_DO_WINDOWS.exe


Para ver a lista dos programas suportados e a nível da qualidade de execução:

http://appdb.winehq.org/

No comments:

Post a Comment

Post a Comment